sexta-feira, 9 de março de 2018

PARTE VIII

Os Trophéos da Brigada Policial. (escrita da época)

     A bordo do “Manaus”, a chegar a 10 do corrente, vem preso da Parahyba do Norte, Marcolino de Carvalho, auctor da venda dos trophéos da Brigada Policial,em proveito proprio, segundo apurou a policia.
  Marcolino Carvalho, que era empregado da empresa das Aguas Maguary, passou a thesoureiro da Policia na administração Cesar Coutinho, mas commetteu o seu “fortait” na administração Eduardo Chermont.
    Ouvimos que, logo que passa ser ouvido pela justiça, fará a esta declarações importantes, com referencia á posse e venda dos ditos objectos, declarando quem fôram os conniventes. (escrita da época)

Fonte: Jornal Folha do Norte, pag. 01 de 08 JUN 1936 – Biblioteca Artur Vianna.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ACONTECE EM BELÉM O II CEHMA 2018

Belém (PA) - Ocorre hoje, 19 de setembro, o II Ciclo de Estudos de História Militar da Amazônia – 2ª FASE (II CEHMA), no Auditório da Esc...