Armas e Equipamentos


ARMAS:

1.1. Conceituação:

Arma é um instrumento ou ferramenta que permite o ataque e a defesa. Em regra geral, o termo faz referência ao aspecto físico do instrumento, como é o caso de "arma de fogo": revólver, pistola, espingarda, carabina, entre outras. "Arma branca ou cortante ou perfurante": terçado, espada, lança, sabre, baioneta. A grande maioria das armas, na ação de ataque ou defesa permite matar o oponente ou deixá-lo sem condições de reação, como é o caso das armas de fogo.

Entre as classificações das armas, existem modernamente categorias de armas e/ou munições que tem efeitos menos letal, e são classificadas como: "não-letal", "menos-letal", "de efeito controlado", "de baixa letalidade", todas elas estão a nos dizer que o seu emprego, dentro de certas condições não produzem o efeito de morte no oponente, contudo se forem utilizadas em desacordo com esse controle, podem inclusive matar o agressor.

Entre os exemplos dessa categoria de armas e/ou munições estão as denominadas munições de elastômero, assim como as armas químicas ou munições químicas que tem componente que busca a desorientação do oponente incapacitando-o temporariamente, como são os "gases lacrimogêneos" os sprays de "pimenta", as armas de choque, como é o caso da pistola "taser".

Nosso interesse se volta às armas militares, em particular às armas policiais e, de forma mais restrita ainda, às armas utilizadas na Polícia Militar do Pará ao longo de sua história.


1.2. Classificação:

Para o fim de sermos didáticos separamos ar armas da PMPA nas seguintes categorias: 

1.2.1) contundentes: bastão policial (cassetete) e tonfa;   

1.2.2) armas brancas (cortantes e perfurantes): sabre, espada, lança e baioneta; 

1.2.3) armas de fogo (propelem projéteis): revólveres, teaser, pistolas, rifles, fuzis, carabinas, espingardas, metralhadoras; submetralhadoras e canhões; 

1.2.4) explosivas: granadas.


1.3. Armas contundentes

São aquelas destinadas ao ataque e defesa a partir do prolongamento das ações do corpo (principalmente braço e antebraço) provocando traumas internos e externos, em geral sem provocar a ruptura de tecido. Nessas categorias estão o bastão policial e a tonfa. 

1.3.1. Cassete ou BP:

O cassetete ou bastão policial é uma arma de defesa e de ataque, geralmente composta por um cilindro em madeira, borracha ou metálico, com um orifício perpendicular ao seu cumprimento por onde passa um barbante que permite fixá-lo na mão, ou prendê-lo ao cinto.

A forma correta de se escrever é cassetete, uma vez que vem do francês: casse-tête, literalmente "romper ou quebrar cabeça"

Os de madeira podem ser mais ou menos elaborados, contudo é importante que a parte do cabo possua algumas ranhuras para ajudar a fixação na mão e evitar que o oponente consiga tomá-lo do Policial Militar.

No modelo abaixo, verificamos que além da ranhura no punho ou cabo há dois ressaltos no cabo para, justamente, evitar que o policial perca o apoio do mesmo quando do uso.


Imagem 01: Cassetete em Madeira


Fonte: Portal Mercado Livre, 2016.

Não temos ainda informações acerca de quando se inseriu o uso do cassetete na Polícia Militar do Pará, mas é bem provável que seja anterior à década de 1950 e, ao longo de mais de 50 anos (1960-2000) reinou hegemônico nas ações de policiamento e controle de distúrbios, constituindo-se na principal alternativa ao uso de arma de fogo.


Imagem 02: cassetetes de madeira com barbante de fixação


Fonte: Zentrum Militaria, 2016.
As imagens dos cassetetes acima apresentam a fixação do cordel ou barbante entre dois ressaltos, a fim de que o barbante não se desprenda do bastão. Abaixo, vemos a imagem de cassetete com fixação do cordel por dentro de um orifício no bastão. O detalhe do material abaixo é que o mesmo é feito em borracha.


Imagem 03: cassetete em borracha


Fonte: Giloplastic, 2016.
O cassetete pode variar em seu tamanho: pequeno, médio e grande, dependendo do efeito que se queira no seu uso e o alcance que deva atingir. Há cassetetes de tamanho bem reduzido como os que cabem na mão fechada, potencializado o impacto evitando ao policial machucar a mão em caso de deferir um soco e os que pelo tamanho que pode ser de 110 ou 120 cm são indicados para o uso nas tropas de Cavalaria. Os tamanhos mais difundidos estão entre 50 e 90 cm.


Imagem 04: Cassetete mínimo


Fonte: Apoio Militar, 2016.

Quanto ao material, existem de três materiais básicos: borracha, madeira e metal. Nos países asiáticos são utilizados ainda varas de bambú. Entre os de metal, destaque especial merecem os retrátil e os lançadores de munição química.


Imagem 05: Cassetete de metal retrátil
Fonte: Mercado Livre, 2016.
O modelo acima de cassetete metálico retrátil é um híbrido, pois possui componente de borracha no punho para dar maior aderência. Oferece uma grande vantagem em relação aos convencionais por garantir uma maior portabilidade, contudo no aspecto da contusão causada, os de madeira e os de borracha não são superados pelo retrátil.

Em se falando de híbrido, o mais exótico é o bastão que é retrátil, em material metálico e borracha, cujo cabo ou punho vem acoplado um "soco-inglês", como pode ser visto na imagem abaixo.


Imagem 06: Cassetete retrátil com soco-inglês
Fonte: Mercado Livre, 2016.

A partir do ano 2000 a Polícia Militar do Pará começou a deixar de utilizar os cassetetes, adotando paulatinamente as tonfas ou bastões-tonfa como instrumento de uso contínuo para o policiamento ostensivo e, principalmente, para a tropa de choque.

Houve a necessidade de certo tempo para que fosse sendo assimilada a substituição, uma vez que o uso do cassetete estava muito arraigado e pela necessidade de maior destreza no uso da tonfa. Ainda há policiais militares que dão preferência ao cassetete, principalmente pelo cordel que prende-o na mão.

Na Polícia Militar do Pará, por exemplo, no caso da tropa de Cavalaria, o cassetete não ocupou o lugar da espada (sabre de cavalaria) e quando o cassetete deixou de ser utilizado não houve qualquer alteração acerca do emprego do sabre de cavalaria.

Como dissemos acima, o bastão policial ou cassetete, foi utilizado durante boa parte do século XX e em imagens antigas de nossos policiais é possível perceber que o seu uso vem de longa data.



Imagem 07: Sd PM Mendes e Sd PM Isac - BGPM, 1958, em diligência em Mosqueiro

Fonte: Arquivo Pessoal do SD PM RF MENDES
Daqui em diante estamos em construção:



1.3.2. Bastão Tonfa:


1.4. Armas de Fogo:
1.4.1. Pistolas (Bucaneiro, .40):
1.4.2. Revólver (22, 32, 38 e 44):
1.4.3. Submetralhadoras (MT 12, MT 12A e INA):
1.4.4. Fuzis (7,62 mm, e 5,56 mm)
1.4.5. Canhões

1.4.6. Carabinas (Micro Galil .30 e .40)
1.4.7. Espingardas (12 Gauges, .38, .20, 26)




Referências:

1) Conceito de arma. Disponível em http://conceito.de/arma, acessado em 14fev2013.
2) Etimologia do cassetete. Disponível em http://www.portuguesnarede.com/2009/02/cacetete-ou-cassetete.html, acessado em 03/05/2016.

Crédito das imagens:
Imagem 01: cassete policial militar em madeira, disponível em http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-707279858-cassetete-de-madeira-_JM, acessado em 03/05/2016.
Imagem 02: Zentrum Militaria. Disponível em http://www.zentrummilitaria.com.br/produto/cassetete-em-madeira-da-military-police-us-army-2%AA-guerra.html, acessado em 03/05/2016.
Imagem 03: Giloplastic. Modelo BT160. Disponível em: http://www.zentrummilitaria.com.br/produto/cassetete-em-madeira-da-military-police-us-army-2%AA-guerra.html, acessado em 03/05/2016.
Imagem 04: Cassetete mínimo. Apoio Militar. Disponível em http://www.apoiomilitar.com.br/cassetete-pequeno-defensor.html, acessado em 03/05/2016.
Imagem 05: Cassetete Retrátil. Mercado Livre. Disponível emhttp://produto.mercadolivre.com.br/MLB-696818790-basto-cassetete-retratil-aco-tatico-para-defesa-pessoal-_JM, acessado em 03/05/2016.
Imagem 06: Cassetete Retrátil com Soco-Inglês. Mercado Livre. Disponível em http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-691895011-bastao-polimero-retratil-soco-ingles-seguranca-cassetete-_JM, acessado em 03/06/2016.
Imagem 07: Sd PM Mendes e Sd PM Isac - BGPM, 1958, em diligência em Mosqueiro. Acervo Pessoal do SD PM RF Mendes. 






O Dia do Soldado Paraense. Relembrando os feitos de uma jornada de glórias, a Força Pública do Estado Comemora a data de hoje com um fe...