quarta-feira, 22 de junho de 2016

Origens remotas do Batalhão de Choque da Polícia Militar

A História da Polícia Militar do Pará, com quase 200 anos de existência, é repleta de fatos que ainda estão a serem revelados à sociedade e à própria corporação.
Um desses fatos é a criação de um remoto Pelotão de Choque, nos anos de 1944, pelo Chefe de Polícia, Moura Carvalho. Abaixo, temos a imagem do Chefe de Polícia com o pelotão de choque.

Imagem 01: Moura Carvalho com o Pelotão de Choque da PM - 1944

Esse Pelotão é a referência  mais antiga do que é hoje o Batalhão de Choque da PMPA, que funciona na Avenida Fernando Guilhon, entre as Travessas 14 de Março e Alcindo Cacela.

Vê-se na imagem que o uniforme era constituído de boné (quepe), túnica branca, com talabarte e cinto (cujo armamento ficava disposto à esquerda), calça e sapatos. Não foi possível identificar as cores da indumentária. Apenas um dos militares está na fotografia utilizando bota (possivelmente membro do Esquadrão de Cavalaria), bem como esse militar é o único que não utiliza talabarte, cinto e coldre, mas é o único que está de gravata.

Desse período até os anos de 1990 quando é criado o Batalhão de Choque da PM, temos a referencia da criação de um Pelotão de Choque, conforme publicado no Diário Oficial do Estado do Pará, nº 20.677 de 19 NOV 1965, da Lei nº 3.429 de 05 NOV 1965 que fixa o efetivo da Polícia Militar do Estado para o exercício de 1966 e dá outras providencias:
Art. 7º A Companhia de Guardas terá o efetivo de dois (2) Pelotões de Policiamento, dois (2) de Tráfego, um (1) PELOTÃO DE CHOQUE e uma (1)Secção de Comando.


Moura Carvalho, Chefe de Polícia, em visita à Polícia Militar. A seu lado o Cmt dessa Unidade, Cel Ney peixoto e oficiais da Corporação, em 1944.  Fonte: Magalhães Barata, o Homem, a Lenda o Político - Vol. I.

Referências:
Imagem 01: CRU
Imagem 02:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

    O 1º Batalhão Auxiliar da Força Publica constituido de  17  officiais e 441 graduados e praças , segue hoje para o sul da  Republica ...