sexta-feira, 21 de agosto de 2015

PRÉDIO HISTÓRICO DA PM TEM EDITAL DE LICITAÇÃO PARA REFORMA E AMPLIAÇÃO PUBLICADO



Na quarta-feira, 19 de agosto, a Polícia Militar do Pará, comemorou mais um momento importante em seus quase duzentos de existência; foi publicado o Edital para a reforma e ampliação do histórico prédio do 2º Batalhão da PMPA, conhecido como Batalhão Tiradentes. 


Com licitação marcada para 22 de setembro, o imóvel há tempos aguarda a reforma e a ampliação das instalações o que representa um grande e oportuno resgate da memória da Corporação, que pelo projeto terá não somente a sede da unidade PM mas outros espaços que serão também utilizados como a exemplo; a sede da Banda de Música e do Museu da PM, além de outros serviços que serão abrigados na imponente construção da Corporação no centro de Belém à rua Gaspar Viana, esquina com a avenida Assis de Vasconcelos, bairro do Comércio.

Segundo o historiador e major da PMPA, Ronaldo Charlet, o prédio do 2º Batalhão da PMPA é uma edificação tombada pelo Patrimônio Histórico Estadual desde 1983, conforme as listagens de bens tombados da Secretaria de Estado de Cultura (SECULT) e por 130 anos serviu como quartel da Polícia Militar, sendo sede do 1º Corpo do Regimento Militar do Estado, tropa que seguiu para Canudos em 1897 para combater no sertão baiano,  tendo à frente o Coronel José Sotero de Menezes.

Nas décadas de 1940 e 1960 o imóvel foi sede do Batalhão de Infantaria da Polícia Militar (BIPM). Entre as décadas de 1960 e 1980 foi denominado de Batalhão de Guardas da Polícia Militar (BGPM). No início da década de 1980 recebeu a denominação de 2º Batalhão da Polícia Militar, tendo como patrono o Alferes Tiradentes, denominação que seguiu até sua desativação em 2008, por necessidade de reformas estruturais, o que irá acontecer após o período licitatório e que reintegra o prédio ao patrimônio do povo paraense como referência de segurança e de história.

Ainda segundo o historiador, o prédio teve pelo menos duas grandes intervenções ao longo do tempo; uma ocorrida entre o final do século XIX e início do século XX, quando a frente do imóvel recebeu adornos ecléticos, sendo construído o segundo andar e as laterais chanfradas ao estilo da “belle époque”, no apogeu da economia da borracha e a outra no final dos anos 70, quando incorporou a área dos fundos e foi construída uma quadra de esportes.

Em 2011, o prédio foi utilizado para a edição comemorativa pelos 25 anos do evento Casacor, quando foi adaptado para a exposição de profissionais de arquitetura, construção e decoração e para a visita do público em geral. Ao todo, 65 espaços, além de 03 jardins, todos trabalhados com requinte e bom gosto, foram construídos pelo evento que teve à frente uma empresa particular. (Imagens de arquivo).

Fonte: Portal da PMPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Effectivo de officiaes da  Brigada Militar do Estado, em 1908: Estado-Maior, Corpo Auxiliar (arma de Artilharia e Corpo de Cavallaria),...